Etiqueta comportamental à mesa para crianças

etiqueta-para-crianças-angela-pimentel

Muitas famílias, hoje em dia já não têm a disposição, o tempo disponível ou mesmo a vontade de ensinar boas maneiras à mesa às suas crianças. Muitas das vezes, a família não faz  as refeições à mesa ou à mesma hora, e desta forma pode ser difícil ensinar as crianças boas maneiras à mesa. Porém, ensinar boas maneiras e disciplina à mesa não é difícil, mas quanto mais cedo começar melhor. Leia as 10 dicas.

1. Ensine a criança a ser um bom anfitrião(ã):
Tal como um adulto deve saber receber bem os convidados em sua casa, também uma criança o deve fazer. É importante que ensine a criança a dizer olá às pessoas quando as vê e que as cumprimente com um beijo ou um aperto de mão.

2. Ensine a gostar de ajudar:
As crianças adoram ajudar, por isso deixe-as ajudar a preparar o jantar, a pegar nos casacos dos convidados, a levar alguns hours d’ouvres aos convidados; não tenha medo de pedir para fazer determinada tarefa – para além das crianças se divertirem, aprendem a ajudar.

3. Ensine a dizer não de forma educada:
Tal como é de extrema importância ensinar a dizer “obrigado(a)”, também é de extrema importância ensinar o “não obrigado(a)” . Por vezes, uma criança quando está à mesa e lhe é perguntado se pretende repetir algum alimento, ou surge outra situação semelhante, ela deve saber responder “não obriagado(a)”. Ensine os seus filhos a dizer não de forma educada: será a transmissão de uma grande virtude.

4. Ensine a sentar corretamente:
Não se pode esperar que uma criança se sente logo de forma correta à mesa, é importante que se comece a ensinar desde cedo e com paciência ir praticando esta forma de estar. Primeiro, a criança deve conseguir estar sentada de forma correta, e de seguida deve conseguir estar sentada com o guardanapo no colo e sem os cotovelos pousados na mesa. Para uma criança é muito difícil estar longos períodos de tempo sentada à mesa, portanto não obrigue a este comportamento, apenas o necessário para a criança comer; depois ela pode ir brincar. Isto é uma aprendizagem por fases, e de paciência, mas como em tudo, as crianças necessitam de ver fazer para aprender, e copiam o que veem, por isso, seja o primeiro exemplo dos seus filhos.

5. Ensine a saber pedir:
Em vez dos seus filhos irem por cima das outras pessoas para chegarem ao alimento que pretendem, ensine-os a pedir o que desejam. Por exemplo: “Podes passar-me o pão, por favor?”. Se pretender aprofundar estes conhecimentos, poderá ensinar que a comida ou o pão se passa no sentido dos ponteiros do relógio, sempre pela direita; contudo se o que se pede está logo ao pé da pessoa do seu lado esquerdo deve prevalecer o bom senso e ser a pessoa que mais perto está a passar-lhe o que pretende.

6. Ensine a agradecer:
Ensine as crianças a agradecer pela refeição a quem a preparou e a experimentar um pouco de cada coisa. Se for visitar amigos ou familiares não vai querer que os seus filhos digam que detestam aquela comida e que pareçam ingratos. Portanto, prepare-os em casa para saberem experimentar um pouco de tudo e saberem agradecer a refeição a quem a preparou.

7. Ensine a colocar a mesa:
Ainda que nos dias de hoje se coma de forma rápida, pelo menos os talheres, os pratos, os guardanapos e os copos devem ser sempre colocados à mesa. O esforço de fazer as refeições em família deve ser preservado, não só pelas boas maneiras em si, mas acima de tudo para tornar os momentos em família em momentos fundamentais para o bom desenvolvimento emocional da criança. Portanto, peça às crianças para porem a mesa e ensine-lhes onde devem colocar os talheres (faca do lado direito, garfo do lado esquerdo e colher do lado direito), o guardanapo do lado direito, copo em frente à faca…

8. Ensine as crianças a saberem esperar:
Em vez de cada um ir começando a comer conforme o tempo surge, ensine as suas crianças a esperar que todos estejam servidos para poderem começar a comer. Nas reuniões familiares, só quando o anfitrião pega nos talheres é que as outras pessoas o devem fazer, por isso, ensine aos seus filhos esta regra; o papel de anfitriões pode ser dos pais, isto para que as crianças pratiquem uma regra que apenas demonstra respeito por quem oferece a refeição.

9. Incentive a conversa à mesa:
É muito importante que uma criança desenvolva as suas capacidades sociais; e que melhor lugar que a mesa de refeição para o fazer? Faça questões abertas aos seus filhos (que a resposta não seja um sim ou um não) e ensine-os a não interromper uma pessoa quando outra fala, bem como a capacidade de respeitar as opiniões dos outros.

10. Seja um modelo:
Seja o modelo em que os seus filhos se inspiram para a vida. O exemplo é a maior virtude, e se as crianças virem os seus pais como modelos de bom comportamento, seja à mesa, seja na vida, eles serão certamente seus seguidores e fãs. Acima de tudo, estará a contribuir para que os seus filhos tenham a capacidade de futuramente serem adultos de sucesso na vida, com a bela capacidade de saber respeitar os outros.

Regras básicas para o dia a dia:

  • Diga “por favor” quando quiser pedir alguma coisa a alguém. Um exemplo: “Por favor, você poderia pegar um copo de água para mim?”.
  • Diga sempre “obrigado” (se for menino) ou “obrigada” (se for menina) quando alguém lhe fizer um favor ou lhe der algo.
  • Cumprimente todos com “bom dia”, “boa tarde” e “boa noite”, de preferência com um sorriso amável no rosto. Isso vale não só para a sua família e seus amigos, como também para os vizinhos, empregados, porteiro do prédio, conhecidos que encontra na rua, atendentes de lojas e supermercados, professores, enfim, qualquer pessoa.
  • Peça desculpas quando pisar no pé de outra pessoa, esbarrar em alguém, derrubar alguma coisa, ou fizer algo que incomode alguém.
  • Agradeça quando ganhar um presente, mesmo que não tenha gostado.
  • Use tom de voz normal para falar com as pessoas. Se a pessoa estiver longe, vá até ela para dar seu recado, sem gritar.
  • Não interrompa a conversa dos adultos. Quando quiser falar com eles durante uma conversa, diga “posso falar com você um minutinho?” e espere a pessoa lhe dar a atenção.
  •  Lugar de lixo é no lixo. Jogar lixo na rua, nem pensar!
  • Não cutuque o nariz. Se estiver sujo, vá até o banheiro e assoe.
  •  Ao espirrar, coloque as mãos na boca e, se possível, lave-as em seguida.
  •  Não mexa nas coisas dos outros sem permissão.
  • Recolha e guarde os brinquedos no lugar certo depois de usá-los.
  • Não converse enquanto está na biblioteca, no cinema ou no teatro, para não incomodar os outros (nem utilize o celular nestas ocasiões!).
  • Não fale palavrões.
  • Antes de entrar em algum lugar, bata na porta e pergunte se pode entrar.
  • Chegue aos lugares na hora marcada, sem atrasar.
  • Meninos não devem urinar na rua ou em qualquer outro local que não seja o banheiro!
  •  Ao ligar para alguém, cumprimente a pessoa que atender o telefone e identifique-se em primeiro lugar. Exemplo: “Olá, sr. Fulano. Aqui quem fala é Sicrano, tudo bem?”. Em seguida, fale o que precisar, por exemplo: “Poderia chamar o Beltrano, fazendo o favor?”.

Bons modos à mesa

  • Lave as mãos antes de se sentar à mesa.
  • Não arrote. Se isso acontecer, peça desculpas.
  • Mastigue os alimentos com a boca fechada.
  • Não fale enquanto mastiga.
  • Coloque porções pequenas de alimento na boca.
  • Evite tomar líquidos com a boca cheia de comida.
  • Ao terminar de comer, deixe os talheres no prato, um ao lado do outro, a faca com o corte para dentro.
  • Não bata os talheres na mesa, no prato ou no copo.
  • Não pegue a comida com a mão.
  • Não chupe o macarrão pelo fio.
  • Não sopre a sopa. Se estiver quente, espere esfriar.
  • Evite derrubar comida para fora do prato ou no chão. Se cair, não coloque a comida na boca novamente, e sim recolha com um guardanapo.
  • Coma devagar, mastigando bem os alimentos.
  • Não fale sobre coisas nojentas nem assuntos desagradáveis na hora da comida.
  • Agradeça a quem preparou a comida e elogie a refeição.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 thoughts on “Etiqueta comportamental à mesa para crianças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *