O impacto da postura e do comportamento dos pais nos seus filhos começa enquanto estes ainda são bebês

Angela-Pimentel_Etiqueta_SocialÉ comum achar que, por serem muito pequenos, os bebês não nos compreendem ou não prestam atenção ao que dizemos e à forma como o dizemos, mas isso não é verdade. Transmitir calma da parte dos pais, uma respiração desacelerada, movimentos firmes e lentos e uma postura confiante, combinada com uma comunicação simples e pausada de quem acredita no que propõe. O bebê poderá aprender a acalmar-se sintonizando com o estado de calma dos pais, A nossa rotina atual acelerada orienta-nos para a procura rápida, e com pouco esforço, de resultados. O que se espera da educação?

É obrigação dos pais orientar e educar seus filhos independente da idade, você sabe quando dizer “não” ao seu filho?

“O bebê de 1 ano já compreende o ‘não’. É por isso que essa é a primeira palavra de muitos. Aos 2 anos, ele passa a entender também que o ‘não’ pode trazer consequências, como um castigo. Dar limites é extremamente importante para a formação”. O que fazer se bater o sentimento de culpa ao negar algo para o filho?
Os pais podem e devem relaxar quando isso acontecer. O mais importante para a criança é perceber que há alguém que cuida dela e que decide. O “não” é muito chato de ouvir, mas também pode deixar a criança menos angustiada diante de um excesso de sensações ou em momentos de escolha que ela ainda não tem condições de fazer.

É importante falar firme, olhando nos olhos, mas sem gritar e ser muito autoritário, o que pode assustar ou gerar raiva na criança. Ela deve prestar atenção ao que é dito, e, para isso, precisa estar calma.

Dicas de Boas maneiras:

  • Falar “por favor” e “obrigado” deve ser tão automático quanto respirar.
  • Quando esbarrar em alguém ou fizer algo que incomode, deve sempre vir acompanhado de um “desculpe” ou “sinto muito”.
  • Cumprimente todos com um “bom dia”, “boa tarde” e “boa noite”, de preferência com um sorriso amável no rosto.
  • Respeito aos mais velhos, abrir portas e ceder cadeiras aos mais velhos é um ato de valiosa educação.
  • Não interromper diálogos ensine-os a não interromper quando alguém estiver falando. Diga-lhes que eles precisam esperar um intervalo na conversa e, antes de interromper, pedir “com licença”.
  • Ensine-os a olhar nos olhos de quem está falando com eles. É muito desagradável conversar com alguém que não lhe dirige o olhar
  • E, finalmente, mas não por último: não permita que palavrões sejam ditos sob quaisquer circunstâncias.
  • E nunca ceder à birra da criança, verdade que há momentos em que ela irá espernear demais. Mas ceder a isso é deixar que o filho fique no comando, ou seja, ele irá achar que pode conseguir tudo o que quer, na hora que quiser – basta chorar.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *